Adiado julgamento de Frederico Varandas por chamar “Bandido” a Pinto da Costa
Adiado julgamento de Frederico Varandas por chamar “Bandido” a Pinto da Costa

Adiado julgamento de Frederico Varandas por chamar “Bandido” a Pinto da Costa

Partilhar:

Frederico Varandas já não vai sentar-se esta quarta-feira no banco dos réus do Tribunal do Bolhão. O julgamento do presidente do Sporting acusado de ofender a honra de Pinto da Costa por ter chamado “bandido” ao líder do F. C. Porto, foi adiado sem nova data marcada.

Foi o presidente do emblema leonino quem pediu o adiamento, alegando nunca ter sido notificado da data do início do julgamento. Num requerimento dirigido ao juiz e elaborado pelos advogados de Frederico Varandas, o líder do Sporting garante que apenas tomou conhecimento do arranque do julgamento na comunicação social, na passada sexta-feira.

Frederico Varandas vai ser julgado pelo crime de difamação por ter chamado “bandido” a Pinto da Costa, em outubro de 2020, numa deslocação do Sporting aos Açores.

“Todos os portugueses merecem que isto seja dito: pode ter um grande sentido de humor, ser culturalmente acima da média, ter um currículo cheio de vitórias, mas um bandido será sempre um bandido. No final será recordado como um bandido”, disse Varandas, que já foi condenado pelo Concelho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol com uma suspensão de 45 dias e uma multa de 7650 euros.

Foto: DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *