Ambulância dos bombeiros voluntários de São Mamede de Infesta roubada em serviço. Ladrão despistou-se pouco depois.
Ambulância dos bombeiros voluntários de São Mamede de Infesta roubada em serviço. Ladrão despistou-se pouco depois.

Ambulância dos bombeiros voluntários de São Mamede de Infesta roubada em serviço. Ladrão despistou-se pouco depois.

Partilhar:

Uma ambulância do INEM dos bombeiros voluntários de São Mamede de Infesta, em Matosinhos, foi roubada durante um serviço no Porto na noite de sábado, adiantou aquela corporação, tendo acabado por se despistar e embatido num muro.

Contactada pela agência Lusa, a corporação de bombeiros remeteu esclarecimentos para mais tarde, e a PSP do Porto adiantou que foram efetuadas “diligências” na sequência do acontecimento, no sentido de localizar o autor do roubo.

A situação começa por volta das 20h45, quando os Bombeiros Voluntários de São Mamede de Infesta estavam a socorrer uma vítima no Bairro do Regado, no Porto. O ladrão aproveitou e apoderou-se do veículo, com o qual ainda circulou a alta velocidade por várias ruas do Porto, fazendo uso da marcha de emergência, utilizando as sirenes e sinais luminosos

De acordo com os bombeiros, “um indivíduo na casa dos 40 anos pegou na ambulância quando a sua tripulação prestava socorro a uma vítima”, seguindo “por várias ruas da cidade do Porto (com sinalização luminosa e sonora ligada), acabando por se despistar embatendo contra um muro do antigo quartel das inspeções militares na Rua da Constituição”.

Segundo a corporação, não houve feridos a registar na sequência do incidente, “a não ser, eventualmente, o indivíduo que furtou” a ambulância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.