Antigo recluso comete assalto a gasolineira na Maia. É detido após perseguição da GNR
Antigo recluso comete assalto a gasolineira na Maia. É detido após perseguição da GNR

Antigo recluso comete assalto a gasolineira na Maia. É detido após perseguição da GNR

Partilhar:

Um indivíduo de 33 anos roubou, esta quinta-feira, uma estação de combustível em Moreira da Maia, tendo sido perseguido e detido por militares da GNR que se encontravam no local.

O ocorrido, avança o JN, teve lugar pelas 12h30 numa gasolineira da REPSOL. O cidadão, de nacionalidade guineense e com antecedentes criminais, terá começado por apontar uma faca à funcionária da gasolineira, exigindo o conteúdo da caixa registadora.

Poucos minutos depois, com cerca de 600 euros em dinheiro, alguns maços de tabaco e três telemóveis, o assaltante abandonou o local, tendo-se cruzado com dois militares da Guarda Nacional Republicana, pertencentes ao Núcleo de Investigação Criminal de Matosinhos, que se aperceberam do crime.

Abordado pelos dois guardas, o assaltante terá reagido de forma violenta, ameaçando os agentes com a mesma arma branca utilizada no assalto. Tendo iniciado uma fuga, a pé, pela Estrada Nacional 13, aos dois guardas juntou-se um terceiro militar, de folga naquele momento.

O antigo recluso terá feito várias tentativas para entrar em viaturas paradas na via pública, acabando por conseguir entrar num carro ocupado, no qual ameaçou o condutor para que arrancasse de imediato. A rapidez dos agentes foi determinante para evitar que a fuga continuasse, tendo dominado o assaltante que resistiu até ao último minuto à detenção.

Tendo sido levado a tribunal, os antecedentes criminais por vários roubos terão sido determinantes para a ordem de prisão preventiva decretada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *