Câmara de Gaia acusa empresa de transportes de não cumprir horários
Câmara de Gaia acusa empresa de transportes de não cumprir horários

Câmara de Gaia acusa empresa de transportes de não cumprir horários

Partilhar:

Texto escrito por Tiago Vasques Ribeiro

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, afirmou, durante a tarde desta segunda-feira (30 de maio), que a operadora privada MGC – Transportes, que opera no concelho, encontra-se a “incumprir” horários.

O Conselho Metropolitano do Porto irá reunir, esta mesma semana, para acertar o que se deve fazer sobre esta matéria. “Foi convidada [MGC – Transportes] a ter uma reunião com a Área Metropolitana do Porto porque apesar de dizer que não alterou nada na sua operação, as pessoas continuam a reclamar brutalmente do serviço e a informação que nós temos é de incumprimento”, afirmou Eduardo Vítor Rodrigues no final da reunião do executivo municipal.

No passado dia 2 de maio, o autarca já teria se queixado do mesmo problema e avisou que a licença da empresa seria cassada e substituída pela Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) se não começasse a cumprir. Eduardo Vítor Rodrigues ainda acrescentou que a MGC alterou os horários dos autocarros e a frequência dos mesmos, quando não o podia fazer, tendo-se justificado com o período da Páscoa e, posteriormente, com o período de férias escolares.

O presidente, que considerou esta situação como “inadmissível”, sublinhou que a transportadora “não pode alterar um só dia [os horários] sem a autorização da Área Metropolitana do Porto” e que “cortaram carreiras e horários e, se assim continuar, irá ser encontrada uma alternativa imediata”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.