Câmara de Paredes pede empréstimo bancário para resgatar concessão dos serviços de água e saneamento

Câmara de Paredes pede empréstimo bancário para resgatar concessão dos serviços de água e saneamento

22/04/2021 0 Por admin
Partilhar:

A Câmara de Paredes aprovou a contratação de um empréstimo de 21 milhões de euros junto do BPI e da Caixa Geral de Depósitos para pagar o resgate da concessão dos sistemas de abastecimento de águas e saneamento à chinesa Be Water. Já a empresa, segundo o Jornal de Negócios, intentou uma ação judicial em que exige 133 milhões de euros à autarquia.

De acordo com o município, “o empréstimo a 20 anos destina-se a pagar o resgate, no montante de 21 013 923 euros e será disponibilizado à concessionária durante este ano”. A autarquia pretende avançar com um Sistema Municipalizado de Água e Saneamento (SMAS) em janeiro do próximo ano.

A decisão de resgatar a concessão foi tomada em setembro e deliberada na assembleia municipal em dezembro. O município considera que os investimentos previstos não foram concretizados, estando a tarifa de abastecimento de água entre as mais caras da área metropolitana do Porto. “Está em causa o interesse público porque mais de metade do concelho não tem saneamento”, afirmou o presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida.