Covid-19: As restrições aéreas vão ser prolongadas até 15 de abril

Covid-19: As restrições aéreas vão ser prolongadas até 15 de abril

29/03/2021 0 Por admin
Partilhar:

TEXTO: Maria Inês Ferreira

O Governo português anunciou hoje que esta medida será essencial para não agravar a situação do Portugal relativamente à pandemia COVID-19.

Segundo a nota gabinete do ministro da Administração Interna, apenas serão permitidos os voos de repatriamento dos cidadãos portugueses provenientes do Brasil e do Reino Unido. Os voos de escala e de repartiamento da África do Sul ou de países com taxa de incidência igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes têm de apresentar o documento de teste negativo e realizar o período de isolamento profilático de 14 dias. Só serão permites viagens essenciais à países como Bulgária, República Checa, Chipre, Eslovénia, Estónia, França, Hungria, Itália, Malta, Polónia e Suécia, cumprindo sempre as regras impostas.

Países como a Alemanha, Dinamarca, Eslovaquia, Ffinlandia, Grecia, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Noruega Países Baixoa Roménia e Suíça, onde a taxa de incidência é igual ou superior a 150 casos por 100 mil habitantes também só podem realizar viagens esseciais cumprindo as mesmas regras.

Em relação a Espanha, o Governo refere que “está limitada a circulação entre Portugal e Espanha – e somente nos Pontos de Passagem Autorizados – ao transporte internacional de mercadorias, de trabalhadores transfronteiriços e de caráter sazonal devidamente documentados, e de veículos de emergência e socorro e serviço de urgência, não sendo permitidas deslocações para efeitos de turismo”.

A proibição de circulação entre concelhos irã manter-se, no âmbito do Decreto que regulamenta o Estado de Emergência e é obrigatória para todos o cidadãos.

Após a chegada de cidadãos que não são residentes, estes têm que se deslocar para o local de permanência comprovada e tem de cumprir regras e exceções da não circulação entre concelho.

FOTO: DR