Detetada “Legionella” numa escola em Espinho
Detetada “Legionella” numa escola em Espinho

Detetada “Legionella” numa escola em Espinho

Partilhar:

A Construção Pública confirmou a presença de ‘legionella’ na Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida, em Espinho, adotando medidas imediatas.

Chuveiros e torneiras afetados estão interditos, mas a escola permanece em funcionamento sem risco para a saúde.

As autoridades municipais consideram o caso isolado e controlado, não havendo motivo para alarme público.

A escola informou os encarregados de educação sobre restrições nos balneários por motivos de higienização, sem especificar a causa. A administração regional de saúde não emitiu esclarecimentos até o momento.

A doença do legionário resulta da inalação de aerossóis de aerossóis contaminados pela bactéria ‘Legionella pneumophila’.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *