Feira semanal de Espinho suspensa devido a vários casos de Covid-19

Feira semanal de Espinho suspensa devido a vários casos de Covid-19

01/01/2022 0 Por admin
Partilhar:

A feira semanal de Espinho está com atividade suspensa a bens não alimentares e perecíveis na próxima segunda-feira em consequência das medidas excecionais relacionadas com a covid-19. A Câmara justifica que os números de novas infeções são “efetivamente alarmantes”.

Um despacho recente da autarquia determinou o encerramento de vários serviços e atividades até 9 de janeiro. Entre a medidas anunciadas encontra-se proibição da venda de todos os produtos e bens que não sejam alimentares ou perecíveis na feira semanal de Espinho, uma das maiores do país.

A Câmara Municipal justifica que os números registados diariamente, depois do Natal, “têm sido bastante altos e evidenciam um claro e preocupante agravamento da situação pandémica no município”.

Na passada quarta-feira, dia 29 de dezembro, foram registados “mais casos positivos de que em toda a semana depois do Natal do último ano”, recorda. “Os números são efetivamente alarmantes e justificariam, só por si, a adoção de medidas preventivas excecionais”, argumenta a autarquia.