Greve dos maquinistas da Metro do Porto com adesão a 100%

Greve dos maquinistas da Metro do Porto com adesão a 100%

30/12/2021 0 Por admin
Partilhar:

A greve dos maquinistas da metro do Porto, que começou às 00 horas e termina às 24 horas, regista uma adesão de 100%, estando a trabalhar apenas trabalhadores precários, e afeta “fortemente” a operação, adiantou à Lusa o sindicato.

“A adesão está dentro das nossas expectativas, a adesão dos nossos associados é total, ou seja, é de 100%. Há alguns maquinistas a trabalhar, mas são poucos e não são nossos associados, são trabalhadores precários”, contou o presidente do Sindicato dos Maquinistas (SMaq), António Domingues.

Por esse motivo, é que as operações não estão “totalmente paradas”, mas foram “fortemente afetadas”, frisou.

A greve à prestação de todo e qualquer trabalho foi convocada pelo SMaq, em representação dos trabalhadores da ViaPorto, subconcessionária operacional do metro do Porto, para o período entre as 00 horas e as 24 horas.

Nesta que é a terceira greve este mês, os maquinistas querem a “valorização efetiva das carreiras de condução e regulação”.