Histórica Casa Crocodilo reabriu no Porto

Histórica Casa Crocodilo reabriu no Porto

14/12/2021 0 Por admin
Partilhar:

Mesmo depois de alguns meses de remodelações, e algumas investidas selvagens pela cidade, a mascote da Casa Crocodilo continua fiel ao lar que o acolheu. As portas da tradicional loja de couros, solas e cabedais estão novamente abertas, desde sábado passado. E o animal bem seguro!

Apresentada pelo conhecido locutor de rádio portuense, Manuel Monteiro, a animação foi acompanhada bem de perto pelo animal embalsamado, com quase cinco metros de porte, que se encontra à entrada da casa que lhe dá o nome. A festa teve inicio logo pela manhã deste sábado,11 de dezembro, com a visita do Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira e prolongou-se até ao inicio da noite, num evento honras de transmissão em direto para o mundo, através da Rádio Metropolitana Porto.

Na Casa Crocodilo podemos ver os balcões à moda antiga: com largura e tamanho suficiente para se darem ao corte de metros de couro e às balanças. Há máquinas de costura, armários construídos do chão ao teto, que contêm um infindável número de caixas e gavetas organizadas em fileiras, muitas amostras de tecidos em pele, os sapatos “de agasalho”, casacos, carteiras, porta-moedas de todos os tamanhos e feitios, entre tantos outros produtos artesanais.

A recente intervenção, que contou com o apoio do programa camarário “Porto de Tradição”, permitirá proteger e salvaguardar este estabelecimento de comércio tradicional local.

Um negócio familiar iniciado em 1947 por Tomás Coutinho que Guilherme Coutinho recebeu do pai e, que agora, entrega ao seu filho André Coutinho, que promete dar continuidade ás suas origens.

O resultado está pronto para ser confirmado pela clientela de hoje, que em outros tempos chegou a formar fila à entrada o estabelecimento situado na Rua Cimo de Vila, nº 67, na cidade do Porto.