IPMA eleva para 14 distritos sob aviso amarelo devido ao calor
IPMA eleva para 14 distritos sob aviso amarelo devido ao calor

IPMA eleva para 14 distritos sob aviso amarelo devido ao calor

Partilhar:

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou de sete para 14 os distritos que vão estar a partir de sexta-feira sob aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, devido à previsão de tempo quente.

Os distritos de Évora, Faro, Setúbal, Santarém, Lisboa, Beja e Portalegre vão estar sob aviso entre as 12h00 de sexta-feira e as 18h00 de sábado devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O aviso amarelo para Bragança, Viseu, Guarda, Vila Real, Leiria, Castelo Branco e Coimbra vai vigorar entre as 12h00 e as 18h00 de sábado.

Segundo o IPMA, o aviso amarelo é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

A partir de hoje, as previsões apontam para tempo quente e seco, devido à ação de uma “crista anticiclónica entre o Golfo da Biscaia e o arquipélago da Madeira, que dará origem a uma circulação que trará em altitude uma massa de ar com origem no Norte de África”.

Está prevista uma subida generalizada dos valores da temperatura, em especial da máxima, sendo de esperar valores acima de 30 graus na generalidade do território, com exceção de alguns locais na faixa costeira ocidental, e valores entre os 35 e 40 graus no interior, em especial na região Sul onde deverão ser ultrapassados os 40 graus.

A temperatura mínima também irá aumentar, estando previstas noites tropicais (mínimas acima de 20 graus) em vários locais do centro e sul, com destaque para a região do Sotavento Algarvio onde as mínimas poderão mesmo ser próximas de 25 graus.

Por causa do tempo quente, a Direção-Geral da Saúde (DGS) recordou a recomendação de especial atenção aos mais vulneráveis ao calor, como crianças, idosos, doentes crónicos e grávidas.

No seu ‘site’, a DGS aconselha que os doentes crónicos ou sujeitos a medicação e/ou dietas específicas sigam as recomendações do médico assistente ou da linha SNS24 e aconselha o contacto e acompanhamento de idosos e outras pessoas que vivam isoladas, garantindo a hidratação e permanência em ambiente fresco.

A DGS recomenda igualmente cuidados especiais como evitar esforços físicos no exterior e a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11h00 e as 17h00, além do uso de protetor solar com fator igual ou superior a 30 a cada duas horas e após banhos de praia e piscina.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *