Limitações à Circulação Rodoviária Devido às Obras do metroBus na Avenida da Boavista
Limitações à Circulação Rodoviária Devido às Obras do metroBus na Avenida da Boavista

Limitações à Circulação Rodoviária Devido às Obras do metroBus na Avenida da Boavista

Partilhar:

A circulação na Avenida da Boavista, no Porto, será condicionada à noite, durante a próxima semana, devido às obras do metroBus. Os constrangimentos ocorrerão entre segunda-feira e quinta-feira, das 21h às 7h.

Essas limitações devem-se a “trabalhos de fresagem, pavimentação do piso e colocação de sinalização horizontal nos lados sul e norte” da Avenida da Boavista, conforme informado pela Metro do Porto.

Detalhes dos Condicionamentos:

  • Entre as ruas de Azevedo Coutinho e de António Cardoso:
  • De segunda a quarta-feira (21h às 7h): O trânsito rodoviário descendente será desviado para o lado sul da avenida, mantendo-se apenas uma via ativa por sentido. Os acessos da Avenida da Boavista às ruas do Tenente Valadim e d’O Primeiro de Janeiro, bem como da Rua de Pedro Hispano à Boavista, serão interditados. O cruzamento com a Rua de Azevedo Coutinho também será cortado.
  • Entre as ruas de Azevedo Coutinho e de António Bessa Leite:
  • De quarta a quinta-feira (21h às 7h): O trânsito ascendente será desviado para a parte norte da Avenida da Boavista, mantendo-se apenas uma via de circulação por sentido. Os acessos pela Rua de Bessa Leite e pela Rua de João Grave através da avenida serão impedidos.
  • Entre as ruas do Grijó e de António Bessa Leite:
  • Haverá também afetações na via, com o trânsito sendo desviado para o lado norte da avenida, mantendo-se uma faixa de circulação por sentido. Será necessário cortar o cruzamento com a Rua do Grijó e os acessos às ruas de Dominguez Alvarez e de João Grave.

A Metro do Porto recomenda atenção aos sinais temporários de trânsito e às indicações dos agentes reguladores durante este período. A colaboração dos condutores é essencial para minimizar os impactos no tráfego e garantir a segurança durante as obras.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *