Maia: Nova Avenida Dr. José Vieira de Carvalho Abre ao Trânsito em Moreira
Maia: Nova Avenida Dr. José Vieira de Carvalho Abre ao Trânsito em Moreira

Maia: Nova Avenida Dr. José Vieira de Carvalho Abre ao Trânsito em Moreira

Partilhar:

Na sexta-feira, dia 24 de maio, foi aberta ao trânsito a Avenida Dr. José Vieira de Carvalho, localizada na freguesia de Moreira, no concelho da Maia. Esta nova ligação urbana surge como uma alternativa à Rua Conselheiro Luís de Magalhães, antiga EN13, oferecendo uma via moderna e eficiente para os moradores e visitantes.

A obra teve como objetivo completar a Avenida Dr. José Vieira de Carvalho, que anteriormente terminava na Rua do Divino Salvador de Moreira. Agora, a avenida estende-se até à Rua Cruz das Guardeiras, com novas conexões viárias e pedonais aos arruamentos circundantes, incluindo a Rua de Santo Lenho e a Rua de José Estevão. Uma rotunda foi construída para articular a ligação entre estes arruamentos e a Rua n.º 5 da Urbanização do Lidador.

Com um investimento de 1 613 201,82 €, a obra é crucial para melhorar as acessibilidades ao Centro Cívico de Moreira, abrangendo a Junta de Freguesia, o Centro de Saúde e o futuro Parque Urbano de Moreira, atualmente em fase de conclusão.

Classificada no Plano Diretor Municipal (PDM) como parte da Rede Viária Secundária do Concelho da Maia, esta nova avenida é uma importante via do centro da freguesia de Moreira. A autarquia sublinha que a obra “é muito importante para aumentar a qualidade de vida das populações e atividades exercidas em toda aquela envolvente urbana, aumentando a qualidade arquitetónica do espaço público e estabelecendo as ligações com os equipamentos públicos existentes no Centro Cívico de Moreira.”

Além das melhorias viárias, o projeto incluiu a implementação de corredores segregados para mobilidade suave, pedonal e ciclável, promovendo o uso sustentável e acessível desses modos de locomoção para acessar equipamentos públicos e áreas habitacionais.

A área de intervenção abrange cerca de 7 690 m² de áreas verdes associadas às vias públicas, o que representa aproximadamente 26% da área total de intervenção, um valor significativamente elevado para este tipo de obra municipal. A intervenção também preservou e plantou mais de 100 árvores, contribuindo para um ambiente urbano mais verde e saudável.

Esta nova infraestrutura promete facilitar a mobilidade na região e impulsionar a qualidade de vida dos residentes, ao mesmo tempo que promove práticas de deslocamento mais sustentáveis e acessíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *