Pequenos Cantores da Maia aqueceram corações em Concerto de Reis
Pequenos Cantores da Maia aqueceram corações em Concerto de Reis

Pequenos Cantores da Maia aqueceram corações em Concerto de Reis

Partilhar:

Numa noite muito gélida de inverno, com temperaturas noturnas próximas de zero graus, o Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia conseguiu a proeza de lotar o Templo de Nossa Senhora da Maia.

Apesar do muito frio, o público não se deixou amedrontar e, bem agasalhado, foi chegando a pouco-e-pouco, deixando à porta da Igreja, com os Vicentinos da Paróquia da Maia, o fruto da sua generosidade, traduzida em géneros alimentícios e em numerário, fazendo jus à tradição solidária destes concertos de Reis.

Numa noite memorável, quer pelas diversas estreias absolutas, como pelo elenco artístico que contou com 41 crianças e no final com mais 19 pais que se juntaram, pela primeira vez em 34 anos, aos seus filhos, houve talento, expressividade e musicalidade em abundância.

O Concerto de Reis 2024 abriu com a interpretação de “Adeste Fidelis”, do nosso Rei D. João IV, entrando depois numa fase de estreias que incluíram “Arco-Íris”, em que foi solista Leonor Guerra e “Música no Berço”, uma obra para coro infantil a três vozes e orquestra que foi expressamente composta para o projeto Música a partir do berço, que o Município da Maia está a implementar nos berçários e creches da rede solidária, através da Fundação Conservatório de Música da Maia. Seguiram-se depois “Mamá Mamá”, em que foi solista a soprano Ana Sacramento, “Clarinha”, “Cinco Irmãos”, “No sótão da minha avó”, entre muitos outros temas que ajudaram a aquecer os corações das larguíssimas centenas de pessoas que lotaram o Templo.

Dirigido por Victor Sampaio Dias e Ana Lídia Rouxinol, Maestrina Assistente, o Concerto foi um certame de cor, alegria e boa disposição, que subiu ao rubro com “Baltazar sem GPS”, uma paródia musical sobre a utilidade do GPS confrontada com a eficácia da Estrela de Belém que há 2000 anos conduziu os Reis Magos à Gruta em Belém.

Já na ponta final do evento, o grupo vocal “Amigos da Música”, constituído por Ana Beatriz, Ana Matilde, Sofia Pestana, Inês Reis, Carolina Filipe, Daniela Loureiro, Gonçalo Marques e Vasco Pereira, interpretaram “Mary Cristo”, uma canção de Natal de Carlinhos Brown, habitualmente cantada pelos Tribalistas e “Natal na Cidade”, de Mizé Rouxinol e Victor Sampaio Dias.

De sublinhar que, para além do tema dos Tribalistas e da canção “Há Natal no ar”, uma música de Neil Sedaka com adaptação de Mizé Rouxinol, todo o restante repertório que integrou o programa do Concerto de Reis era da autoria da dupla Mizé Rouxinol, poemas e letras e Victor Sampaio Dias que as musicou.

O auge do Concerto foi atingido com a estreia mundial da obra “UBUNTU”, uma espécie de hino do projeto das academias ubuntu, que o Instituto Padre António Vieira está a levar a mais de 20 países em diversos continentes, promovendo estilos de liderança inspiradores e baseados em valores éticos humanistas.

António Silva Tiago, Presidente da Câmara Municipal e Patrono dos Pequenos Cantores da Maia, num texto que foi distribuído juntamente com o programa de sala, afirma: – “Os Pequenos Cantores da Maia, que há mais de década e meia cumprem esta tradição de um Concerto de Reis solidário, em colaboração com a Comissão de Festas da Paróquia e dos Vicentinos, são efetivamente grandes embaixadores culturais da marca MAIA, aportando na sua Música e com a sua alegria, os valores imateriais, cívicos e sociais, da nossa marca, levando-os a todo o concelho através dos seus concertos e ao Mundo inteiro, quando os difundem nas suas imensas atuações em televisão.

Enquanto seu Patrono e líder da comunidade concelhia, é sempre com uma certa emoção e orgulho que os vejo promover os valores da marca: MAIA A SORRIR PARA A VIDA”.

O Padre António Bacelar, novo Pároco de S. Miguel da Maia, instado a proferir algumas palavras, leu um belíssimo texto em jeito de conto de Natal que deixou as crianças do Coral e o público verdadeiramente encantados.

Foto: Mário Santos / CM Maia

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *