Porto: Adiado encerramento do Centro Comercial Stop por mais 10 dias
Porto: Adiado encerramento do Centro Comercial Stop por mais 10 dias

Porto: Adiado encerramento do Centro Comercial Stop por mais 10 dias

Partilhar:

O presidente da Câmara do Porto anunciou que a autarquia não conseguiu notificar a administração do condomínio do centro comercial Stop da intenção de fechar o espaço.

“Ao que pude apurar, até à manhã do dia de hoje, e pese embora todas as diligências, ainda não tínhamos conseguido notificar o senhor administrador [do encerramento]. Pelo que me informaram agora, terá sido notificado pessoalmente hoje, pelo que vão correr os 10 dias úteis previstos na lei”, refere Rui Moreira.

Em declarações aos jornalistas, o edil aponta que a decisão “não resolve o problema”, mas adia-o. Assim, a nova data para desocupar o edifício fica fixada no dia 6 de outubro.

Em declarações à imprensa, Rui Moreira revela que tem intenção de organizar uma angariação de dinheiro, juntamente com os músicos, para que sejam efetuadas as obras de reabilitação do edifício.

“Estou muito empenhado em resolver o problema do Stop e lembrei-me que podíamos organizar um conjunto de concertos solidários, que fossem um ‘crowdfunding’, que poderia permitir ajudar os proprietários a fazer as obras mínimas para aquilo [Stop] poder funcionar. Temos a possibilidade de fazer isso no Coliseu e no Rosa Mota”, apontou Rui Moreira.

O presidente da Câmara do Porto anunciou que a autarquia não conseguiu notificar a administração do condomínio do centro comercial Stop da intenção de fechar o espaço.

“Ao que pude apurar, até à manhã do dia de hoje, e pese embora todas as diligências, ainda não tínhamos conseguido notificar o senhor administrador [do encerramento]. Pelo que me informaram agora, terá sido notificado pessoalmente hoje, pelo que vão correr os 10 dias úteis previstos na lei”, refere Rui Moreira.

Em declarações aos jornalistas, o edil aponta que a decisão “não resolve o problema”, mas adia-o. Assim, a nova data para desocupar o edifício fica fixada no dia 6 de outubro.

Em declarações à imprensa, Rui Moreira revela que tem intenção de organizar uma angariação de dinheiro, juntamente com os músicos, para que sejam efetuadas as obras de reabilitação do edifício.

“Estou muito empenhado em resolver o problema do Stop e lembrei-me que podíamos organizar um conjunto de concertos solidários, que fossem um ‘crowdfunding’, que poderia permitir ajudar os proprietários a fazer as obras mínimas para aquilo [Stop] poder funcionar. Temos a possibilidade de fazer isso no Coliseu e no Rosa Mota”, apontou Rui Moreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *