Porto e Aveiro ligados à alta velocidade até 2028

Porto e Aveiro ligados à alta velocidade até 2028

28/03/2021 0 Por admin
Partilhar:

A cidade de Aveiro vai ficar ligada em alta velocidade ao Porto até 2028. A informação foi deixada na noite de quarta-feira por Carlos Fernandes, vice-presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), durante o debate “Ferrovia em Aveiro”, promovido online pelo grupo de reflexão cívica Plataforma Cidades.

De acordo com o responsável, o troço da ligação ferroviária em alta velocidade que ligará Lisboa (Oriente) e Porto (Campanhã), com paragens em Aveiro, Coimbra e Leiria, será feito em duas fases. A primeira, a concluir até 2028, compreende o troço entre Porto e Soure (a sul de Coimbra, abarcando Aveiro). O segundo, até Lisboa, ficará pronto em 2030.

Aveiro distará 20 minutos do Porto e 1:06 horas de Lisboa. A viagem direta entre Porto e Lisboa demorará 1.15 horas.

Os comboios TGV que quiserem parar em Aveiro terão de ser desviados da rota de alta velocidade para parar na atual estação de Aveiro. Isto acontecerá porque a passagem direta da linha TGV na atual estação teria “um impacto muito forte”, a nível ambiental e de custos, disse Carlos Fernandes. A IP estudou a possibilidade de criar uma nova estação em Aveiro, que serviria de ponto de interseção da linha de alta velocidade e a ligação a Mangualde, mas a sua construção não está prevista.

A propósito das obras na ferrovia previstas no âmbito do Programa Nacional de Investimentos em Infraestruturas 2030, Carlos Fernandes adiantou, ainda, que a linha do Vouga entre Aveiro e Espinho já está a ser requalificada, incluindo obras em passagens de nível e alguns apeadeiros.

Respondendo a dúvidas do edil aveirense, Ribau Esteves, o responsável da IP garantiu que a União Europeia financia bitola ibérica e adiantou que “Espanha não vai alterar a bitola ibérica para mercadorias”, mantendo-se a competitividade da ligação ferroviária em alta velocidade para mercadorias com destino ao país vizinho.