PRODUTORES DE LEITE PROTESTAM EM FRENTE À AGROS NA PÓVOA DE VARZIM

PRODUTORES DE LEITE PROTESTAM EM FRENTE À AGROS NA PÓVOA DE VARZIM

20/11/2021 0 Por admin
Partilhar:

Mais de uma centena de produtores de leite reivindicou hoje, na Póvoa de Varzim, a “subida urgente” do preço pago à produção do leite, avisando que estão no “fim da linha” e ser “imoral” 30 cêntimos por litro.

O custo do litro de leite pago ao produtor em outubro transato em Portugal foi de 30 cêntimos, enquanto que a média paga na União Europeia é 38 cêntimos, um preço que os produtores de leite exigem que lhes seja pago já este mês de novembro, sob a pena de terem de fechar dezenas de vacarias em Portugal.

“Os custos de produção têm vindo a subir de uma forma brutal. Nós suportámos algum tempo com algum esforço a nossa parte, mas chegámos a um ponto que não dá mais. Estamos no limite. Isto é o fim da linha”, declarou à Lusa António Araújo, produtor de leite há cerca de 15 anos, e um dos mais de cem produtores de leite do Norte de Portugal que hoje se concentrou em frente da Agros, criada em 11 de abril de 1949 e que agrega mais de 40 cooperativas de leite nacional.