PSP do Porto deteve dois homens por burla qualificada com venda de veículos
PSP do Porto deteve dois homens por burla qualificada com venda de veículos

PSP do Porto deteve dois homens por burla qualificada com venda de veículos

Partilhar:

A PSP deteve dois homens suspeitos de crimes de burla qualificada, burla tributária e de falsificação de documentos, de que resultaram prejuízos superiores a 1,3 milhões de euros, anunciou esta quinta-feira a PSP do Porto.

Em comunicado, a PSP refere que, no âmbito de uma operação que visou um conjunto de pessoas “que de forma organizada de dedicavam à prática dos crimes de burla qualificada, burla tributária e falsificação de documentos“, foram realizadas seis buscas domiciliárias e não domiciliárias, diversos mandados de apreensão de veículos automóveis, nas áreas do Porto, Braga, Guimarães, Maia, Matosinhos, Famalicão, Trofa e Santo Tirso.

Além da detenção dos dois homens, de 43 e 44 anos de idade, vendedor e empresário, respetivamente, foram identificadas mais 13 pessoas (sete homens e seis mulheres).

Nesta operação, a PSP apreendeu 11 veículos automóveis, diversa documentação relacionada com os ilícitos em causa, material informático, uma arma de fogo (espingarda) e diversas munições e duas botijas de gás pimenta.

A ação policial foi desenvolvida pela Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto, em colaboração com o dispositivo do Comando Distrital de Braga e com o apoio da Divisão Policial de Vila do Conde, da Divisão de Trânsito e da Autoridade Tributária e Aduaneira, e visou a identificação e detenção dos autores dos crimes, a apreensão de meios de prova, assim como a recuperação de viaturas que haviam sido adquiridas de modo ilícito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.