Refeição de má qualidade em escola básica de Santa Maria da Feira gera polémica
Refeição de má qualidade em escola básica de Santa Maria da Feira gera polémica

Refeição de má qualidade em escola básica de Santa Maria da Feira gera polémica

Partilhar:

Uma refeição servida no Centro Escolar de São João de Ver, no concelho de Santa Maria da Feira, levantou um coro de protestos com os partidos da Oposição a exigirem maior fiscalização nas refeições escolares.

Uma foto contendo uma refeição alegadamente servida no Centro Escolar de São João de Ver, com uma quantidade diminuta de alimento e de qualidade questionável, originou indignação generalizada. O assunto foi abordado na última reunião de Câmara, pelo vereador socialista, Délio Carquejo. “Esta situação a que assistimos não pode acontecer. Que fiscalização está a ocorrer”, questionou.

O autarca garantiu que a foto agora divulgada publicamente “é um exemplo” existindo mais casos. “Gostaríamos que existisse controlo nas cantinas, que esse controlo se faça cumprir e que a empresa melhore significativamente a oferta em termos de qualidade”, referiu.

Na resposta, a vereadora da Educação, Cristina Tenreiro, admitiu que, em 3500 refeições que são servidas diariamente, possa existir algum problema pontual.

Contudo, “quando há alguma situação é dever dos responsáveis sinalizar”, explicou. “Não tivemos nenhuma reclamação e um professor confirmou que a refeição estava boa e em quantidades devidas”, esclareceu.

Cristina Tenreiro pediu para que “não haja aproveitamento políticos com as refeições escolares”, considerando que as denúncias nas redes sociais, como aconteceu recentemente, causam pânico e ansiedade. “Estamos atentos. Fazemos um acompanhamento muito presente às empresas que nos fornecem as refeições”, reiterou.

Foto: DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.