Reformado Condenado por Sequestro e Agressão a Advogada em Gaia
Reformado Condenado por Sequestro e Agressão a Advogada em Gaia

Reformado Condenado por Sequestro e Agressão a Advogada em Gaia

Partilhar:

Um homem reformado de 72 anos foi condenado pelo Tribunal de Gaia a uma pena de cinco anos de prisão, com pena suspensa, por crimes de sequestro, ofensa à integridade física e ameaça, após invadir o escritório de uma advogada em agosto do ano passado.

Segundo relatos do Jornal de Notícias, o arguido, convencido de que a advogada possuía procurações assinadas em branco relacionadas a uma herança, forçou a entrada no escritório, empurrou a advogada para dentro e trancou a porta, retendo-a contra a sua vontade. A situação só foi interrompida quando vizinhos ouviram os gritos e conseguiram abrir a porta, permitindo a libertação da vítima.

Durante o incidente, o homem agrediu e ameaçou de morte a advogada, que era responsável por tratar das partilhas do irmão do agressor. Após cerca de vinte minutos de sequestro, o agressor tentou fugir do local, sendo detido pelos vizinhos e entregue à polícia.

Apesar das graves acusações, o tribunal decidiu pela suspensão da pena de prisão de cinco anos, citando o arrependimento do agressor, ausência de antecedentes criminais e confissão dos crimes. No entanto, foi determinado que o idoso terá que indemnizar a vítima com a quantia de dez mil euros pelos danos causados.

Miguel Brochado Teixeira, advogado da vítima, manifestou discordância com a decisão de suspender a pena, afirmando que irá recorrer da sentença, argumentando que seria mais apropriada uma pena de prisão efetiva para o agressor.

O caso destaca-se pela gravidade dos crimes cometidos e pela controvérsia em torno da aplicação da pena pelo tribunal de Gaia.

Foto: DR

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *