São João da Madeira identifica 48 sem-abrigos

São João da Madeira identifica 48 sem-abrigos

29/12/2021 0 Por admin
Partilhar:

Os números agora conhecidos são parte do trabalho já desenvolvido pelo Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) do concelho que, na prática, funciona desde março de 2021, com coordenação da Santa Casa da Misericórdia de São João da Madeira e que conta com outras entidades, entre as quais a Associação de Jovens Ecos Urbanos, do Instituto da Segurança Social.

As 48 situações identificadas enquadram-se na caracterização de sem-abrigo, sejam pessoas sem teto – a viver no espaço público, em casas abandonadas, em viaturas – ou que se encontram em alojamento temporário por não ter casa.

Ainda de acordo com o estudo, há casos que duraram menos de 30 dias, mas também há nove pessoas que são sem-abrigo há mais de 3 anos. São maioritariamente homens com mais de 40 anos, solteiros ou divorciados, com escolaridade até ao 2.º ciclo, sem fonte de rendimento. Registam-se comportamentos aditivos e dependências, além de desestruturação familiar.

Estas pessoas têm acesso já definido a várias ajudas, tendo sido referenciado o programa de apoio a famílias da Câmara Municipal, os apoios da Segurança Social e outras entidades com intervenção nesta área, a cantina, o balneário e a lavandaria social, disponibilizados pela Misericórdia, além de ajudas informais.

Destaca-se que 13 das pessoas referenciadas saíram da situação em que se encontravam, estando a pagar autonomamente uma habitação ou um quarto de pensão. Duas foram alojadas em habitação social e quatro em apartamento de autonomização da Câmara Municipal/Santa Casa da Misericórdia.

Há, ainda, o acompanhamento ao nível da saúde, encaminhamento para Rendimento Social de Inserção e integração de algumas pessoas na família.