Quarta-Feira de chuva com o Sol brilhará nos dias seguintes e temperaturas a ultrapassar os 30 graus
Quarta-Feira de chuva com o Sol brilhará nos dias seguintes e temperaturas a ultrapassar os 30 graus

Quarta-Feira de chuva com o Sol brilhará nos dias seguintes e temperaturas a ultrapassar os 30 graus

Partilhar:

O IPMA ( Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta quarta-feira no continente “condições de instabilidade” no interior e litoral do país que possibilitam a ocorrência de aguaceiros.

De acordo com o IPMA, a partir de quinta-feira o tempo irá mudar. Os termómetros podem mesmo chegar aos 40 graus entre sexta-feira e sábado em regiões como a Beira Baixa e Alentejo. Como já tinha acontecido há duas semanas, as temperaturas estão cerca de 5 a 10 graus acima do que seria habitual para esta altura do ano.

Estão previstos 38 e 39 graus para Évora e Beja, enquanto que no litoral leste as temperaturas vão andar entre os 20 e os 25 graus. Na capital, os termómetros podem chegar aos 30 graus e no Porto, as temperaturas máximas podem chegar aos 26 graus.

As temperaturas mínimas também vão subir, podendo chegar aos 20 graus, pelo que se esperam noites tropicais a partir de sexta-feira, dia 10 de junho. O aumento das temperaturas deve-se à aproximação de uma massa de ar quente e seca vinda do Leste.

Esta onda de calor deve-se ao ciclone tropical Alex, o primeiro a formar-se no Atlântico Norte este ano e que abre assim a temporada dos furacões.

De acordo com o instituto, o estado do tempo vai ser influenciado pela ação de uma “massa de ar tropical proveniente do Norte de África/Península Ibérica transportada na circulação conjunta de um anticiclone localizado sobre a região dos Açores, em crista para a Europa Central, e um vale depressionário que se estende desde o norte de África até à Península Ibérica”.

O perigo de incêndio vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até sábado.

Este perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.